Risoto de Cogumelos | Por Isa Scherer

Para: 2 porções

Instruções:

Risoto: - 4 cogumelos portubelo - 10 cogumelos paris - 1/2 xicara de shitake seco - 1 alho - tomilho - 1 cebola em brunoise - 1 xicara de arroz arbóreo ou carnaroli - 1 taça de vinho branco - sal - pimenta do reino - caldo de legumes caseiro (faz toda a diferença) - 1 xícara de parmesão ou grana padano ralado - 3 colheres de sopa de manteiga - salsa - cebolinha - azeite trufado Caldo de legumes: - 2 cebolas cortadas em 8 - 2 cenouras em rodelas - 2 talos de salsão - 2 folhas de louro - tomilho - sementes de pimenta do reino Acrescente todos os ingredientes em uma panela e ferva em fogo baixo por 2 horas. Ou em fogo alto por 1 hora. Peneire e reserve. Começe hidratando o shitake seco com algumas conchas do caldo de legumes fervendo ou água. Corte os cogumelos portobello em tiras e os cogumelos paris em 4. Esquente em fogo bem alto sua panela, acrescente metade dos cogumelos com 1/2 colher de manteiga, azeite de oliva e não mexa. Deixe dourar bem por aproximadamente 4 minutos sem mexer. Queremos deixar os cogumelos com uma nota amendoada e para isso precisamos que ele caramelize e não cozinhe. Para que isso aconteça, ele não pode soltar água, por isso o fogo muito alto e por isso não mexemos. Quando o primeiro lado estiver bem douradinho, ai sim podemos mexer os cogumelos e temperar com sal, pimenta do reino e jogar na panela o tomilho e o alho inteiros mesmo. Depois vamos retirar. Reserve. Repita o processo com a outra metade dos cogumelos e reserve. Na mesma panela, acrescente a cebola em brunoise até suar. Depois entre com o arroz, e refogue por alguns segundos. Tempere com um pouco de sal e pimenta do reino. Acrescente o vinho e deixe evaporar. Assim que evaporar, entre com o shitake hidratado, o líquido dele e algumas conchas do caldo de legumes fervente. Não pare de mexer, deixe ir secando o líquido e vá adicionando mais caldo aos poucos até dar o ponto. Esse processo de mexer e acrescentar líquido aos poucos é o que garante um risoto cremoso. Queremos o grão cozido, porém al dente e com bastante caldo. O risoto “certo” é o que você coloca no prato e ele “escorre”, não fica blocado no meio do prato. Assim que estiver al dente, desligue a panela e acrescente o queijo, 2 colheres de sopa de manteiga (a manteiga com o queijo e esse caldo restante vão se misturar, emulsionar e criar aquela cremosidade classica de um bom risoto). Prove de sal e pimenta. Ajuste. Finalize com salsinha, cebolinha e azeite trufado (pouco, não queremos que ele roube todo o sabor do nosso risoto. E pronto!!!! Uma receita deliciosa de comer e de fazer com o seu amor ❤️

Ingredientes